Leia mais: http://www.mundodarkness.com/2010/07/codigos-bloquear-conteudo-no-blog.html#ixzz0xHGCB0DY
"Analisa bem quem é teu amigo, porque se o consideras como tal e ele não o for, pode muito bem ser o teu principal inimigo"

Anónimo
_____________________________________________

Natal 2008 - Espalhe esta ideia

Que tal fazer algo de diferente, este ano, no Natal?

Sim... Natal... daqui a pouco ele está aí.

Que tal ir a uma agência dos Correios e pegar numa das 17 milhões de cartinhas de crianças pobres e ser o Pai ou Mãe Natal delas? Há a informação de que existem pedidos inacreditáveis; crianças pedindo um casaco para o frio, uma blusa para a avó...
É UMA ideia.

É só levantar a carta e entregar o presente numa agência dos correios até ao dia 20 de Dezembro. O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.
Vá lá, não custa nada e também não dói!
Na vida, a gente passa por 3 fases:

A primeira, quando acreditamos no Pai Natal;
A segunda, quando deixamos de acreditar,
A terceira, quando nos tornamos no Pai Natal!!!

3 Comentários:

maria de fátima disse...

Olá Joel aí está uma bela ideia.Não custa nada ajudar quem precisa mais do que nós.Eu adoro muito mais dar do que receber.Beijinhos.

António Rosa disse...

Olá Joel

Ideia muito feliz.

Joel Pinto disse...

Olá Fátima;
Bem-vindo António.

A ideia, é verdade, até que não era má mas, infelizmente, não é verdade.
Resta parabenizar o incauto que se lembrou de semelhante ideia.

On line

Visitantes

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Vieram cá parar...

Blog protegido anti-cópia

Protected by Copyscape plagiarism checker - duplicate content and unique article detection software.

Direitos de Autor

Estão proibidas quaisquer cópias e/ou utilização de texto e imagens sem prévia autorização do Autor. Para o contactar, utilize, por favor, o respectivo formulário, disponível neste sítio.
Ocorreu um erro neste dispositivo

Top Comentários

Pensamento

Ninguém é pobre, senão de Espírito...

  ©Template by Dicas Blogger. Modificada e adaptada por Joel Pinto

TOPO