Leia mais: http://www.mundodarkness.com/2010/07/codigos-bloquear-conteudo-no-blog.html#ixzz0xHGCB0DY
"Analisa bem quem é teu amigo, porque se o consideras como tal e ele não o for, pode muito bem ser o teu principal inimigo"

Anónimo
_____________________________________________

Às vezes apetece rir...

- Sr. Padre, eu pequei. Fui seduzido por uma mulher que se dá...
- És tu, Carlitos?
- Sim, Sr. Padre, sou eu.
- E com quem estiveste tu?
- Sr. Padre, eu já disse o meu pecado; ela que confesse o dela...
- Repara, Carlitos, mais tarde ou mais cedo eu vou saber, assim é melhor que mo digas agora. Foi a Isabel?
- Os meus lábios estão selados.
- A Maria Gomes?
- Por mim, jamais o saberá...
- Ah! A Maria Josefa?
- Não direi nunca!!!
- A Rosa do talho?
- Sr. Padre, não insista!!!
- Então foi a Catarina da pastelaria, não?
- Sr. Padre, isto não faz sentido....

O Padre rói as unhas desesperado e diz-lhe então:
- És um cabeça dura, Carlitos, mas no fundo do coração admiro a tua reserva. Vais rezar vinte Pai-Nossos e dez Avé-Marias. Vai com Deus, meu filho....

Carlitos sai do confessionário e vai para os bancos da igreja cumprir a penitência. O seu amigo Pedrito desliza para junto dele e sussurra-lhe:
- E então? Resultou?
- Sim. - Respondeu ele. - Tenho cinco nomes de gajas que dão baldas!!!

Canil vandalizado

Ontem no Jornal de Notícias; hoje na RTP.

O canil da Associação Brigantina de Protecção dos Animais foi vandalizado e o montante dos prejuízos está ainda por calcular. A vedação foi totalmente destruída, assim como a iluminação, quadro eléctrico, vidros e telhas.

Lamentável, é o que me apraz dizer...

Desafio

Aqui está um desafio para quem quiser testar os seus conhecimentos de Língua Portuguesa, a nossa língua. Trata-se de um teste realizado num curso, em que, na frase abaixo, deverá ser colocado 1 ponto final e 2 vírgulas, para que a frase tenha sentido.
Aceitam-se respostas nos comentários e há um pequeno prémio para o vencedor...

MARIA TOMA BANHO PORQUE SUA MÃE DISSE ELA PEGUE A TOALHA.

Contra a Pedofilia

Porque hoje é o Dia Mundial das Crianças, o jornalista espanhol Nacho de la Fuente Lago, autor do blog La Huella Digital (A Pegada Digital), teve uma ideia, no mínimo, original, a fim de acabar com essa praga, denominada Pedofilia.



Nesta vida, a minha alma não se compadece e abomina sob todas as formas três tipos de monstros: traficantes de droga, violência contra as mulheres e abusadores de crianças.

Assim, e porque o melhor do mundo ainda continuam a ser as nossas crianças, Nacho de la Fuente Lago lembrou-se que muitos pedófilos usam tags nos seus blogs (palavras-chave usadas pelos motores de busca) contendo o termo "pornografia+infantil" e acabam por receber muito mais visitas que o normal, mesmo que o conteúdo tenha argumentos contrários ao assunto. E o fenómeno, geralmente, desequilibra a média de leitores durante várias semanas.

Nesse sentido, a blogosfera decidiu-se unir para, hoje, 20 de Novembro, bombardear os navegadores de quem consome esse tipo de imagens com uma mensagem contra a pedofilia. Entre 20 de Outubro e ontem, a campanha "Pornografia Infantil Não" havia recrutado mais de 940 blogues escritos em oito idiomas, incluindo o português, e já contava com mais de 22 mil posts no sistema GoogleSearch condenando a busca, posse, produção e distribuição de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes. Os textos utilizam ainda outras palavras-chaves favoritas de quem tenta conseguir esse tipo de material, como "angels", "boyboy", "lolitas", "fetishboy" e "preteens".

Para participar nesta campanha, basta escrever um texto contra a pornografia infantil e publicá-lo no seu blog preenchendo, no campo de tags, os termos "pornografia infantil Não", "angels", "lolitas", "boylover", "preteens", "girllover", "childlover", "pedoboy", "boyboy", "fetishboy" ou "feet boy". Quem quiser ainda incluir o seu blogue na lista oficial de participantes basta deixar um comentário neste post com o endereço do seu blogue.

Convém não esquecer a foto. Quem quiser, é só copiar a que aqui coloco.

Vamos todos lutar contra estes monstros... e garantir um mundo melhor às nossas crianças.

Castanhas vs Fogão

Qual é a relação que se pode estabelecer entre castanhas assadas e lavar a loiça? Ou melhor, entre descascar castanhas e limpar o fogão?
Pois bem, antes que o Alzheimer se apodere da minha pessoa, lembrei-me de ir ao baú das minhas recordações, em busca de algumas lembranças da minha juventude, passada em Trancoso.

Antes de passar a cidade, foi aqui que eu completei o meu 10º e 11º anos e, como qualquer estudante, passei pela, dizem, terrível experiência de ter que arrendar um quarto. Foi das melhores vivências por que passei, talvez porque aquela que era a minha senhoria, sempre foi uma excelente mulher e uma Senhora em todos os sentidos.

Foi nessa fase da minha vida, que acabei por conhecer algumas pessoas, por quem ainda hoje nutro um carinho especial, nomeadamente a Graça e a Maria Paula, esta última, autora do blog BandarraVet.

Voltando às castanhas, qualquer beirão que se preze tem que ter castanhas em casa; se não tem castanheiros, há sempre um vizinho ou um amigo que lhe dá um saquinho delas. E a D. Luísa, a nossa senhoria, adorava castanhas assadas. Só não adorava o trabalho que dava descasca-las. E quando digo, descascar, é descascar as ditas cujas, antes de serem assadas.

Assim, sempre que a D. Luísa queria castanhas assadas, convocava-nos aos três para procedermos a tão odioso trabalho. Por forma, faz-se um golpe com a faca e leva-se a assar num tabuleiro, polvilhadas de sal. "Mas isso gasta muito gás", dizia ela. E, assim, lá tinhamos que retirar a casca da bela castanha na totalidade, ficando apenas a camisa, que é como se diz aqui no Porto.

OK. E o que é que tem a ver a limpeza do fogão? Era essa a minha tarefa, todos os dias, após o jantar. A D. Luísa lavava a loiça, a Maria Paula limpava e colocava tudo em cima da mesa, a Graça arrumava e varria o chão e aqui o desgraçado limpava o fogão. É a mais penosa tarefa numa cozinha e, ainda hoje, é daquelas coisas que eu mais detesto fazer.

Quanto à limpeza do dito cujo propriamente dita, aquele coitado era mais bem limpo do que é o meu carro nos dias de hoje. Assim, para ficarem a saber como se limpa verdadeiramente um fogão de cozinha, terão que seguir os seguintes passos elementares:

Primeiro, tiram-se as grelhas e os bicos. Esfrega-se o pobre coitado com esfregão verde embebido em detergente para a loiça e deixa-se actuar a espuma durante cerca de 5 minutos. Com um pano molhado, retira-se a espuma e passa-se um pano seco. Depois, pulveriza-se toda a superfície com um líquido que, segundo a D. Luísa, "é próprio para os fogões porque lhe dá brilho". O tal líquido era de uma marca inglesa (Amway), que custava fortunas "mas que era muito bom, porque é concentrado". E então naquela casa tudo era Amway: o detergente da loiça e da roupa, o amaciador, o limpa-vidros, o sabonete liquido para a casa-de-banho, o champô e o amaciador do cabelo, os detergentes para o chão... era tudo concentrado porque basta umas gotinhas para ficar tudo impecável.

À parte as castanhas e o fogão, foram dois anos da minha vida muito bem passados!!

O que verdadeiramente me irrita

Parafraseando o nome do blogue do meu amigo Sérgio Moreira, "O que verdadeiramente me irrita", há certamente coisas com que nos deparamos no dia-a-dia que nos irritam solenemente.
A saber:

1. Call Centers, mais conhecidos por "Linhas de Apoio".


Quem é que nunca ligou para determinada linha de apoio, a fim de protestar veementemente sobre determinada questão e ouve do outro lado da linha uma simpática voz que nos pergunta:
- Eu tenho o prazer de estar a falar com o senhor...E, do lado de cá, eu interrogo-me: Mas qual prazer? Sim, porque, prazer, eu tenho quando estou com os meus cães, por exemplo; ou quando saboreio uma refeição que me levou uma tarde inteira na cozinha; ou até quando estou na cama, a dormir ou a fazer outra coisa qualquer...
Agora quando eu disparo a reclamar sobre uma factura, por exemplo, em que vejo que estou a ser roubado a olhos vistos, e aquela vozinha irritante me diz que está a ter prazer em me ouvir, ultrapassa-me em todos os aspectos.

2. Call Centers e atropelos à Sra. D. Gramática Portuguesa.

É o pão nosso de cada dia!!! Eu, que defendo religiosamente a nossa língua, quer escrita, quer falada, e que abomino sobremaneira todo o tipo de abreviações (excepto o jinho que acho um must e pouco mais), acho um insulto à nossa inteligência ouvir do outro lado da linha, outra vozinha irritante que pensa que sabe falar português. Muito recentemente, um amigo meu ficou sem Internet (esqueceu-se, como acontece a tantos de nós, o pagamento da sua facturinha). Ligou para a tal linha de apoio e indicaram-lhe a forma de poder pagar rapidamente a factura.
Pagar rapidamente, sim, porque para restabelecer a ligação, tinha que aguardar 24 a 48 horas úteis. E a menina sai-se com este primor linguístico:
- O págamento pode demorar entre 24 a 48 horas a dar entrada no nosso sistema.
O meu amigo respondeu:
- Como? Não percebi...
E ela insiste:
- O págamento pode demorar entre 24 a 48 horas úteis a dar entrada no nosso sistema informático.
O meu amigo volta à carga:
- O págamento? O que é isso?
Ela mesmo assim não se toca e responde:
- Sim... O senhor não disse que ia pagar agora a factura?
E ele esclarece:
- Sim. Vou fazer o pagamento da factura e não o págamento. Da última vez que verifiquei na gramática, o substantivo pagamento, que deriva da palavra pagar não é acentuado como a menina acabou de referir e de insistir. Aliás, a menina também não diz págar.
Silêncio do outro lado, enquanto deste lado, nos ríamos da situação.

3. Gramas e graminhas.

Quero duzentas gramas de queijo, por favor. É o pior dos atropelos. Com a agravante de ouvirmos constantemente essa expressão na rádio e na televisão. Já me cansei de frisar (a quem ouço dizer isso) que grama é um substantivo masculino e que, como tal, se deveria dizer duzentos gramas mas já não adianta... Até a senhora do supermercado me pergunta:
- Quantas gramas de queijinho quer hoje, filhinho??
Até os pelos dos braços se me iriçam... mas fazer o quê?

E hoje, fico-me por aqui. Amanhã é dia de trabalho e a minha caminha anseia pela minha presença. Não são só os atletas olímpicos que gostam de caminha...

Pudim de Castanha

Ingredientes:

1 Kg de Castanhas Martaínha (preferencialmente, da Granja - Penedono)
1 Litro de Leite
250 gr. de açucar
80 gr. de manteiga
3 Ovos
1 colher de sopa de vinho do Porto

Como se prepara:

Depois de cozidas as castanhas, há que retirar a pele (é o mais chato e demorado) e passar pelo passe-vite.
À parte, batem-se as gemas com o açucar até duplicar de volume. Acrescenta-se a manteiga amolecida e o vinho do Porto e por fim o puré de castanhas. Mistura-se o leite (que entretanto ferveu) em fio e deixa-se repousar enquanto se batem as claras em castelo. Por fim, é só juntar as claras e mexer (não é bater com a batedeira).
Deita-se numa forma (daquelas de alumínio que têm tampa) untada de caramelo (eu gosto de muito caramelo) e leva-se ao forno, em banho-maria durante cerca de 1 hora.
Desenforma-se depois de frio, preferencialmente no dia seguinte.

Os meus truques:

1. Acrescentar uma colherzinha de sopa de farinha maizena juntamente com a manteiga e o vinho do Porto e colocar 2 gotas de essência de baunilha no leite enquanto este ferve.
2. Eu apenas passei metade das castanhas pelo passe-vite; as restantes, esmaguei com um garfo para ficarem pedacinhos de castanha pelo meio do pudim.
3. Antes de desenformar, e porque a castanha fica toda grudada ao caramelo, no fundo da forma, deixei em banho-maria durante cerca de 5 minutos para que o caramelo derreta e o pudim que mais brilhante.




A foto não ficou muito famosa, porque a pressa de provar era muita e não me apeteceu tirar mais nenhuma. E pronto! Só não vos convido para provar um "cadinho", porque já acabou. É pena... mas experimentem fazer e digam alguma coisa!!

Dedução de despesas com saúde animal em IRS

Grande parte de nós já nos deparamos com avultadas contas em medicamentos, tratamentos e outras contas para tratar os nossos animais de estimação. Muito se fala em proteger os animais. É obrigatória a sua vacinação e tratamento, trata-se de uma situação de prevenção da saúde publica, mas nenhum dos encargos médicos com os nossos amigos animais podem ser incluídos na declaração do IRS.
Porque deveria ser o contrário, existe uma petição na Internet para posterior envio à Assembleia da República.
Quem quiser assinar, é só clicar aqui.

Cão perdido

Este vídeo está fenomenal. Prova de que as novas tecnologias estão aí para nos ajudar.

video

Obrigado maninha por te teres lembrado de mim.

Jinho.

E depois do voto?

Agora que o mundo descansa, pois Barack Obama venceu as eleições, todos perguntam: E agora?

A tarefa não vai ser fácil e o mundo continua de olhos postos no outro lado do Atlântico. O que tem que ser feito é para hoje e os americanos vão começar a exigir-lhe respostas e soluções a curto prazo.
Até tomar posse, o que irá acontecer em Janeiro de 2009, Obama pouco tempo terá para descansar; ele também não foi eleito para isso, e as notícias dão conta que ele já está a preparar a sua equipa para a Casa Branca, a par da procura de uma mascote. Sim, porque presidente dos Estados Unidos que se preza tem que ter um cão e ele já o prometeu à sua filha.
Resta saber se Obama irá suportar a pressão e saber trabalhar de forma a "salvar" o mundo do estado em que ele está.

Natal 2008 - Bom demais para ser verdade

Pois é... Quem estava a pensar ser o Pai Natal, pode ir mudando de ideias. Afinal, aquilo que escrevi no meu último post, não é verdade.
Segundo informação dada pelos próprios CTT, eles "estão envolvidos num projecto de Acção Social bastante mais abrangente".

Ou seja: De acordo com o Projecto de Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social, do dia 1 de Dezembro de 2008 a 31 de Agosto de 2009, os CTT convidam os cidadãos de todo o País a fazer donativos em géneros para um número alargado de instituições de solidariedade social, nacionais e locais, de uma maneira fácil, rápida e eficaz.

De um lado, os portugueses solidários, do outro lado, as Instituições que todos os dias, no terreno, ajudam quem mais precisa.

Os CTT fazem a ponte entre estes dois, disponibilizando a sua Rede de Atendimento (Estações de Correios) a título gratuito e voluntariamente para o donativo de géneros e/ou pecuniário às Instituições aderentes, disponibilizando gratuitamente nas Estações de Correios, sacos e caixas de transporte para os bens doados: é só colocar o bem solicitado, endereçar à instituição de solidariedade seleccionada e enviar. Estas caixas de transporte chegarão ao seu destino através da Rede de Distribuição dos CTT.


Também não é má a ideia; pena é que não seja divulgada... pelos próprios...

Natal 2008 - Espalhe esta ideia

Que tal fazer algo de diferente, este ano, no Natal?

Sim... Natal... daqui a pouco ele está aí.

Que tal ir a uma agência dos Correios e pegar numa das 17 milhões de cartinhas de crianças pobres e ser o Pai ou Mãe Natal delas? Há a informação de que existem pedidos inacreditáveis; crianças pedindo um casaco para o frio, uma blusa para a avó...
É UMA ideia.

É só levantar a carta e entregar o presente numa agência dos correios até ao dia 20 de Dezembro. O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.
Vá lá, não custa nada e também não dói!
Na vida, a gente passa por 3 fases:

A primeira, quando acreditamos no Pai Natal;
A segunda, quando deixamos de acreditar,
A terceira, quando nos tornamos no Pai Natal!!!

On line

Visitantes

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Vieram cá parar...

Blog protegido anti-cópia

Protected by Copyscape plagiarism checker - duplicate content and unique article detection software.

Direitos de Autor

Estão proibidas quaisquer cópias e/ou utilização de texto e imagens sem prévia autorização do Autor. Para o contactar, utilize, por favor, o respectivo formulário, disponível neste sítio.
Ocorreu um erro neste dispositivo

Top Comentários

Pensamento

Ninguém é pobre, senão de Espírito...

  ©Template by Dicas Blogger. Modificada e adaptada por Joel Pinto

TOPO