Leia mais: http://www.mundodarkness.com/2010/07/codigos-bloquear-conteudo-no-blog.html#ixzz0xHGCB0DY
"Analisa bem quem é teu amigo, porque se o consideras como tal e ele não o for, pode muito bem ser o teu principal inimigo"

Anónimo
_____________________________________________

Castanhas vs Fogão

Qual é a relação que se pode estabelecer entre castanhas assadas e lavar a loiça? Ou melhor, entre descascar castanhas e limpar o fogão?
Pois bem, antes que o Alzheimer se apodere da minha pessoa, lembrei-me de ir ao baú das minhas recordações, em busca de algumas lembranças da minha juventude, passada em Trancoso.

Antes de passar a cidade, foi aqui que eu completei o meu 10º e 11º anos e, como qualquer estudante, passei pela, dizem, terrível experiência de ter que arrendar um quarto. Foi das melhores vivências por que passei, talvez porque aquela que era a minha senhoria, sempre foi uma excelente mulher e uma Senhora em todos os sentidos.

Foi nessa fase da minha vida, que acabei por conhecer algumas pessoas, por quem ainda hoje nutro um carinho especial, nomeadamente a Graça e a Maria Paula, esta última, autora do blog BandarraVet.

Voltando às castanhas, qualquer beirão que se preze tem que ter castanhas em casa; se não tem castanheiros, há sempre um vizinho ou um amigo que lhe dá um saquinho delas. E a D. Luísa, a nossa senhoria, adorava castanhas assadas. Só não adorava o trabalho que dava descasca-las. E quando digo, descascar, é descascar as ditas cujas, antes de serem assadas.

Assim, sempre que a D. Luísa queria castanhas assadas, convocava-nos aos três para procedermos a tão odioso trabalho. Por forma, faz-se um golpe com a faca e leva-se a assar num tabuleiro, polvilhadas de sal. "Mas isso gasta muito gás", dizia ela. E, assim, lá tinhamos que retirar a casca da bela castanha na totalidade, ficando apenas a camisa, que é como se diz aqui no Porto.

OK. E o que é que tem a ver a limpeza do fogão? Era essa a minha tarefa, todos os dias, após o jantar. A D. Luísa lavava a loiça, a Maria Paula limpava e colocava tudo em cima da mesa, a Graça arrumava e varria o chão e aqui o desgraçado limpava o fogão. É a mais penosa tarefa numa cozinha e, ainda hoje, é daquelas coisas que eu mais detesto fazer.

Quanto à limpeza do dito cujo propriamente dita, aquele coitado era mais bem limpo do que é o meu carro nos dias de hoje. Assim, para ficarem a saber como se limpa verdadeiramente um fogão de cozinha, terão que seguir os seguintes passos elementares:

Primeiro, tiram-se as grelhas e os bicos. Esfrega-se o pobre coitado com esfregão verde embebido em detergente para a loiça e deixa-se actuar a espuma durante cerca de 5 minutos. Com um pano molhado, retira-se a espuma e passa-se um pano seco. Depois, pulveriza-se toda a superfície com um líquido que, segundo a D. Luísa, "é próprio para os fogões porque lhe dá brilho". O tal líquido era de uma marca inglesa (Amway), que custava fortunas "mas que era muito bom, porque é concentrado". E então naquela casa tudo era Amway: o detergente da loiça e da roupa, o amaciador, o limpa-vidros, o sabonete liquido para a casa-de-banho, o champô e o amaciador do cabelo, os detergentes para o chão... era tudo concentrado porque basta umas gotinhas para ficar tudo impecável.

À parte as castanhas e o fogão, foram dois anos da minha vida muito bem passados!!

6 Comentários:

maria de fátima disse...

Olá Joel adorei ler a tua descrição de limpar o fogão, sabes que é uma coisa que eu também detesto fazer e limpar o pó também não gosto.Beijinhos.

deep disse...

Se te conforta, não estás sozinho: detesto arrumar a casa, mas a cozinha em particular!

Acabei de lembrar que tenho que arrumar a minha!

Quanto às castanhas, por cá, sempre que possível, assamo-las na lareira, num assador de latão com furinhos, que se supende e que se vai abanando, com fogo de giesta ou de videira.

Boa semana. :)

Maria Paula Ribeiro disse...

Joel, meu grande amigo,

Não fazes a mais pequena ideia, de tão bem descrito e sentido foi o teu post. :)
Tu e o fogão...mas que o limpavas sem dar um pio, sim, não fossemos todos, aos olhos da dona Luísa, filhos para ela. Como bem o disseste, uma grande mulher!
Esqueceste de referir, que eras sempre o último a sentar no sofá, para o "corte e costura" televisivo...lol lol lol

Amway... lol do que te lembras, só tu... isso é que era "telha"...

Belos tempos, se foram....
Obrigado amigo por esta fantástica lembrança.

Jinho grande

Joel Pinto disse...

Pois é Fátima, ainda não encontrei ninguém que dissesse gostar de limpar o fogão... lol

Joel Pinto disse...

Deep,

A minha avó assava as castanhas de uma forma que mais ninguém na família o consegue fazer. Ela cozia-as um determinado tempo naquelas panelas de ferro (não disse a ninguém quanto tempo) e depois colocava-as a assar no borralho da fogueira da cozinha. Uma delícia...

Joel Pinto disse...

Ora Paula... Como é que dava para assistir ao corte e costura se demorava aquela etermidade toda a limpar o fogão?? lol

Quanto à Amway (vê lá do que me lembrei) essa marca ainda existe.
Está aqui: http://www.amway.pt/

Será que ainda alguém compra aquilo???

Jinho grande

On line

Visitantes

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Vieram cá parar...

Blog protegido anti-cópia

Protected by Copyscape plagiarism checker - duplicate content and unique article detection software.

Direitos de Autor

Estão proibidas quaisquer cópias e/ou utilização de texto e imagens sem prévia autorização do Autor. Para o contactar, utilize, por favor, o respectivo formulário, disponível neste sítio.
Ocorreu um erro neste dispositivo

Top Comentários

Pensamento

Ninguém é pobre, senão de Espírito...

  ©Template by Dicas Blogger. Modificada e adaptada por Joel Pinto

TOPO